Enterrei aqui o meu coração

Anos atrás ele batia por mim e por você

Sou  cadáver perambulante

Reflexo da morte no corpo vivo

De todos os túmulos só resta abrir o seu

Me falta destreza…

Devo ter esquecido com mamãe quando nasci

O buraco no peito é o que tenho

Casca sem o coração

Sou morte!

Sou vida!

Morto-vivo

Vivo-morto

 

Mateus H.

Anúncios