Anseio pelo seu corpo

Fico ao desejo

Insisto em querer

O impossível faz parte de mim

Mesmo assim ainda penso

Namoro pensamentos

Mas não é amor…

Voraz fome!

Seus lábios podem amortecer os meus…

Sobre o teu corpo ficar

Mas são fantasias das vontades

Alimentando os desejos

Devaneios do encontro com volúpias

Sem as palavras… O beijo

Eu penso e repenso

Mesmo não realizável

Acredito que minha cobiça adultera

Não seja pecaminosa…

Mesmo se for

Pouco importa

Quero morar em você

 

Mateus H.

Anúncios