Fotografias…

Para memórias alheias

Lembranças dos pecados compartilhados

Mesmo os erros são cobiçados

Alimentando o ego

Saciando a fome pela mentira

Sustentando o pilar da traição

Os olhos verdes, lábios carnudos, pele nívea…

É o retrato do lobo

Que não se apresenta

Os rostos dos convidados são omitidos

Com véus negros

Espectadores do teatro bizarro apresentado

Restam fotografias…

De momentos de uma noite

Que não lembro mais…

Mateus H.

Anúncios