Nesse passar de noite nem lembro quantos cigarros fumei, quantos tragos dei … Não lembro. Sobre o escrínio estavam os poemas e poesias que acredito ter escrevido. A garrafa de Uísque quase vazia, as dores de cabeça por ressaca romperam o silêncio do alvorecer, dentre bagunças continuei deitado sem pensar em quase nada, um pouco em mim, um pouco em você. Me repartindo dentre álcool e razão, coração com solidão, pensamentos uma dose, pensamentos um trago e assim dias e noites vão …

Mateus H.

Anúncios