Os instrumentos musicais, na parede agora, são lembranças dos timbres que não ouço mais
São como retratos, pendurados, guardando recordações de um passado
Que são lembrados a cada observar
Empoeirados, provam que o músico já foi mais apaixonado
Sem cordas … Corrobora que faz tempo sem ser entoados
Articulações rígidas, evidenciam falta de praticar
Entanto …
Parecido com bicicleta … Uma vez aprendido … Não se esquece como andar
Deixarei de ser homem comum
Um dia desses, voltarei a tocar …

Mateus H.

 

Anúncios