Sonhei com você, deitada, despida…

Com seu olhar penetrante, me chamava sem falar meu nome…

Sua pele nívea junto ao meu corpo por cima

Nos beijávamos  com desejo

Estampávamos o amor carnal na forma mais voraz…

Deitei alisando seus cabelos enquanto você sorria

E dizia que me amava…

Atordoado abri os olhos e despertei

Te procurei ao meu lado

Mas não estava…

Me dei conta olhando para o alto que tudo acabou

O relógio me despertava, eu estava em casa…

Fui interrompido na parte que te beijava

Deitei novamente mas nada aconteceu…

Infelizmente no sonho tudo ficou menos eu

Mateus H.

Anúncios